Correio do Povo

Porto Alegre, 16 de Setembro de 2014


Porto Alegre
Agora
17ºC
Amanhã
14º 23º


Faça sua Busca


Notícias > Geral

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

26/08/2014 20:32 - Atualizado em 26/08/2014 20:55

Motorista de ônibus que bateu em dez carros pode ter sofrido mal súbito

Veículo andou desgovernado por dois quilômetros da BR 116, em Canoas

Motorista de ônibus que bateu em dez carros pode ter sofrido mal súbito<br /><b>Crédito: </b> Fabiano do Amaral
Motorista de ônibus que bateu em dez carros pode ter sofrido mal súbito
Crédito: Fabiano do Amaral
Motorista de ônibus que bateu em dez carros pode ter sofrido mal súbito
Crédito: Fabiano do Amaral

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) acredita que um mal súbito fez o motorista de um ônibus causar múltiplos acidentes na BR 116, em Canoas, na Região Metropolitana. De acordo com a corporação, o homem de 60 anos conduziu o veículo aparentemente desgovernado por dois quilômetros na pista lateral da rodovia, atingindo um poste e dez automóveis no percurso. O coletivo só parou ao bater de frente contra uma carreta de trigo.

Além do motorista, que foi levado com ferimentos para o Hospital de Pronto Socorro (HPS), pelo menos outras duas pessoas tiveram ferimentos. Elas estavam dentro de uma picape S10, atingida na altura da estação Niterói.

Conforme a PRF, o ônibus não apresentava qualquer marca de empresa ou levava carga e passageiros. Possivelmente, o veículo era utilizado para transporte de bandas de música ou excursões turísticas. O trabalho de retirada dos carros atingidos ainda interrompe parcialmente a via em alguns pontos.

Com informações do repórter Nildo Júnior.


Bookmark and Share

Fonte: Correio do Povo






O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.