Porto Alegre, domingo, 26 de Outubro de 2014

  • 28/08/2014
  • 19:29

Professor agredido por tio de aluno é afastado para licença médica em Porto Alegre

Agredido a socos, com o auxilio de uma pedra, educador acabou ferido dentro do ambiente de trabalho

  • Comentários
  • Ananda Müller/Rádio Guaíba

Agredido pelo tio de um aluno dentro da instituição de ensino, um professor da Escola Municipal Presidente Vargas, no bairro Passo das Pedras, está afastado por licença médica do trabalho. Ele foi atingido a socos, na terça-feira. O agressor ainda tinha nas mãos uma pedra, o que agravou as lesões. O familiar do estudante invadiu a escola e passou a golpear o professor. De acordo com a Secretaria Municipal de Educação (Smed), o motivo foi uma suposta agressão do educador contra o aluno durante o retorno de um passeio, realizado no mesmo dia. A Smed garante que ele apenas chamou a atenção do estudante dentro do ônibus, no retorno da excursão.

Depois da agressão, o homem foi identificado pela Brigada Militar (BM), assinou termo circunstanciado e foi liberado. O aluno não foi à aula nesta quinta-feira (na quarta-feira as atividades letivas foram suspensas em função do ocorrido) e a Smed discute a situação do menino junto ao Conselho Tutelar. Sílvio Capaverde, diretor pedagógico da Smed, garante que uma reunião com pais e familiares vai ser realizada ainda na noite desta quinta-feira para reforçar os laços entre a comunidade e a escola. A meta é evitar que situações como esta se repitam.

Capaverde ainda reforçou que a ação foi isolada, e não deve causar temor aos estudantes: existe a presença de guarda nos três turnos em que a escola funciona, sendo que o fato ocorreu justamente em um dia no qual o guarda não teve expediente. O motivo não foi esclarecido.

A escola atende a cerca de mil alunos do Ensino Fundamental em três turnos diários.

Bookmark and Share