Porto Alegre, quarta-feira, 26 de Novembro de 2014

  • 28/08/2014
  • 19:29

Hackers são condenados por furto qualificado e lavagem de dinheiro

Penas para os envolvidos vão de dois a 64 anos de reclusão

  • Comentários
  • Eduardo Paganella / Rádio Guaíba

A 1ª Vara Criminal do Foro Regional do Sarandi, em Porto Alegre, condenou 12 hackers investigados pela Operação Nerd II, realizada pela Promotoria Especializada Criminal do Ministério Público de Porto Alegre em 2007. As penas vão de dois a 64 anos de reclusão, sendo que as maiores são imputadas aos quatro mentores do esquema, que foram presos em Curitiba durante a ação.

A maioria dos réus foi condenada pelos crimes de formação de quadrilha, furto qualificado e lavagem de dinheiro. Além da condenação, a sentença impôs o perdimento de diversos bens, entre eles uma casa em Curitiba e dois apartamentos em Maringá, além de diversos automóveis.

A investigação, realizada pelo promotor de Justiça, Ricardo Herbstrith, monitorou os membros da quadrilha especialmente por interceptações telefônicas. Descobriu-se, então, que o grupo agia nos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná, por meio de desvios de valores fraudulentos pela Internet, lesando instituições financeiras e os clientes delas.

Bookmark and Share


TAGS » Polícia