Porto Alegre, domingo, 23 de Novembro de 2014

  • 29/08/2014
  • 14:33
  • Atualização: 15:14

Prefeito, vice e mais quatro são denunciados por suposta fraude em licitações em Arvorezinha

Denúncia, que tramita em sigilo judicial, decorre da Operação Baobá, deflagrada em abril pelo MP

  • Comentários
  • Rádio Guaíba

A Procuradoria de Prefeitos denunciou o prefeito de Arvorezinha, Luiz Paulo Fontana (PSDB), o vice-Prefeito, Roberto Facchinetto (PP), um servidor municipal e mais três pessoas pelos supostos crimes de formação de quadrilha, corrupção passiva, fraude e ameaça grave em diversas licitações municipais investigadas pela Operação Baobá, deflagrada em 14 de abril.

O Ministério Público cumpriu, na época, nove mandados de busca e apreensão nas cidades de Arvorezinha e Lajeado, no Vale do Taquari, Santa Cruz do Sul, no Vale do Rio Pardo, Passo Fundo, e no Planalto Médio em virtude de gastos públicos superiores a R$ 2,260 milhões em contratos supostamente fraudados de compra de combustíveis, veículos, máquinas, materiais de construção e um terreno, além de serviços de assessorias, transporte de pacientes e transporte escolar.

A investigação teve origem em denúncias de direcionamento de contratos públicos a apoiadores do prefeito. Segundo a procuradora de Justiça Eva Margarida Brinques de Carvalho, o procedimento original foi em três expedientes distintos em razão da complexidade e diversidade dos fatos que foram alvo da investigação. Dois deles seguem em andamento. A denúncia tramita em sigilo judicial. O nome Baobá alude a uma espécie de árvore, de porte avantajado, em referência à extensão da fraude.


Bookmark and Share