Porto Alegre, sábado, 25 de Outubro de 2014

  • 30/08/2014
  • 14:13
  • Atualização: 14:15

Polícia espanhola busca menino com tumor cerebral retirado de hospital

Criança estava internada em um hospital de Southampton, no sul da Inglaterra

  • Comentários
  • AFP

A polícia espanhola anunciou neste sábado que procura na Costa do Sol, no sul do país, um menino britânico de cinco anos com um tumor cerebral que foi retirado de um hospital por seus pais contra a opinião dos médicos.

"ATENÇÃO, #MÁLAGA #Marbella! Buscamos uma família do Reino Unido. Os pais negam tratamento a uma criança que precisa", anunciou a polícia em sua conta oficial do Twitter às 18h16min locais (13h16min de Brasília) junto a uma fotografia de um menino, aparentemente em uma maca de hospital, acompanhado por uma mulher.

"Na Costa do Sol, família com seis crianças, uma delas que precisa necessariamente de tratamento, negado pelos pais. Se os virem, nos avisem!", acrescentava outro tuíte enviado oito minutos mais tarde.

A polícia britânica havia anunciado pela manhã que a família King estava na região espanhola de Málaga, na Costa do Sol. Durante todo o dia os porta-vozes da polícia espanhola e da guarda civil não foram localizados para confirmar esta informação.

As autoridades francesas e britânicas lançaram na sexta-feira um apelo para encontrar Ashya King, de cinco anos, que tem um tumor cerebral, e a Interpol emitiu um alerta mundial aos 190 países membros da organização policial internacional.

O menino estava internado em um hospital de Southampton, no sul da Inglaterra, de onde seus pais, Testemunhas de Jeová, o retiraram na quinta-feira para levá-lo a Cherbourg, no noroeste da França. O grupo religioso de Testemunhas de Jeová da França anunciou, neste sábado, ter pedido aos seus membros que informem sobre a presença do casal britânico.

Bookmark and Share