Porto Alegre, sábado, 20 de Dezembro de 2014

  • 31/08/2014
  • 11:48
  • Atualização: 11:53

Mais de mil protestam em cidade americana onde negro foi assassinado

Manifestação pacífica foi organizada por coalizão de ativistas afro-americanos

Manifestação pacífica foi organizada por coalizão de ativistas afro-americanos | Foto: Aaron P. Bernstein / AFP / CP

Manifestação pacífica foi organizada por coalizão de ativistas afro-americanos | Foto: Aaron P. Bernstein / AFP / CP

  • Comentários
  • AFP

Mais de mil pessoas protestaram nesse sábado na cidade de Ferguson, no Missouri (centro dos Estados Unidos), repetindo pacificamente os protestos recentes pelo assassinato de um adolescente afro-americano desarmado por um policial branco, informaram meios de comunicação locais.

O jornal The New York Times publicou que a demonstração de sábado foi organizada por uma coalizão de ativistas afro-americanos, parlamentares do estado do Missouri, organizações de direitos humanos e outros grupos.
Além disso, acrescentou que alguns dos manifestantes convocaram a prosseguir com os protestos na segunda-feira, pedindo aos motoristas que não circulem durante o Dia do Trabalho, festa nacional celebrada na primeira segunda-feira de setembro.

O assassinato no dia 9 de agosto de Michael Brown, de 18 anos, e a posterior repressão contra os manifestantes em um subúrbio de Ferguson reabriram o debate sobre o racismo nos Estados Unidos, e mostraram a rejeição à militarização das forças da polícia do país.

Por vários dias após a morte de Brown foram registrados violentos protestos entre manifestantes e policiais.
Um tribunal está analisando as provas para determinar se o policial Darren Wilson, de 28 anos, fez um uso excessivo da força ao disparar contra Brown. As necropsias concluíram que o jovem havia sido baleado seis vezes.

Bookmark and Share