Porto Alegre, sexta-feira, 31 de Outubro de 2014

  • 01/09/2014
  • 19:52
  • Atualização: 19:59

Roberto e Erasmo Carlos decidem processar Tiririca

Propaganda política de deputado motivou ação dos artistas

Roberto e Erasmo Carlos decidem processar Tiririca | Foto: Alexandra Martins / Câmara dos Deputados / CP

Roberto e Erasmo Carlos decidem processar Tiririca | Foto: Alexandra Martins / Câmara dos Deputados / CP

  • Comentários
  • AE

Os cantores e compositores Roberto Carlos e Erasmo Carlos decidiram processar o palhaço e deputado federal Tiririca, que é candidato à reeleição. Em sua propaganda eleitoral, Tiririca veiculou uma aródia da música "O Portão", composta pela dupla.

A letra original da música diz "Eu voltei, agora pra ficar, porque aqui, aqui é o meu lugar". Na propaganda, a letra é alterada para "Eu votei, de novo eu vou votar. Tiririca, Brasília é o seu lugar". O candidato aparece vestido de branco e repete a expressão "bicho", usada com frequência por Roberto Carlos. O candidato também aparece segurando um bife, referência à propaganda da marca de carnes Friboi estrelada por Roberto.

Segundo José Diamantino Alvarez Abelenda, advogado da Sony Music, a petição inicial está sendo formulada por ele junto com representantes dos dois compositores. Será pedida indenização por uso da imagem e pelo uso da canção, além de indenização por danos morais pela conotação com que a música foi usada, com finalidade eleitoral.

O valor da indenização não será sugerido – os autores pedirão que o juiz arbitre a quantia que julgar adequada, caso Tiririca seja condenado. A ação deve ser proposta até o final desta semana, segundo o advogado. A reportagem procurou a assessoria de Tiririca, que não havia se manifestado até as 18h30min desta segunda-feira.

Bookmark and Share