Porto Alegre, quinta-feira, 23 de Outubro de 2014

  • 02/09/2014
  • 19:33
  • Atualização: 20:20

RS, SC e PR fazem aliança para que Sul se torne principal produtor de leite

Quase 20 milhões de litros devem ir para o mercado nos três estados por ano

  • Comentários
  • Lucas Rivas/Rádio Guaíba

Os secretários de Agricultura do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná assinaram na tarde desta terça-feira protocolo para criar a Aliança Láctea Sul Brasileira. A meta é fortalecer e consolidar a cadeia produtiva do leite na região Sul do Brasil. A parceria ocorreu durante reunião no Auditório da Administração do Parque Assis Brasil, na 37ª Expointer, em Esteio.

A expectativa é de que, com a Aliança, a produção de leite dos três estados chegue a 19,5 milhões de litros de leite por ano até 2024. O total representa 77% a mais do que é produzido atualmente. A medida vai envolver mais de 300 mil unidades da cadeia leiteira dos três estados, ressaltou o secretário da Agricultura, Claudio Fioreze. “A Aliança é um bloco técnico, sanitário, político e econômico que vai tratar todas estas questões, como a melhoria da energia do campo e a ampliação de recursos para a assistência técnica”, frisou.

Além de alavancar a produção leiteira, os secretários garantiram aumentar a fiscalização nas indústrias para evitar que persistam as fraudes no setor. Hoje, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná são responsáveis por 33% da produção brasileira de leite, com 11 milhões de litros por ano. Além disso, a região Sul mantém a maior produtividade por vaca do país. Conforme dados de pesquisas da Embrapa Gado de Leite, a região deve superar o bloco formado por Mato Grosso, Goiás e Minas Gerais, e assumir a liderança do ranking de produção a partir de meados de 2015.


Bookmark and Share


TAGS » Rural, Geral, Leite