Porto Alegre, sábado, 1 de Novembro de 2014

  • 02/09/2014
  • 22:56
  • Atualização: 23:16

Câmara não consegue votar qualquer matéria em dia de esforço concentrado

Primeira votação teve falta de quórum, o que adiou sessão para quarta-feira

  • Comentários
  • Agência Brasil

A Câmara dos Deputados não conseguiu votar qualquer matéria no primeiro dia do esforço concentrado. Não houve acordo entre as lideranças partidárias para votações em plenário e vários requerimentos para alterar a pauta foram apresentados. Na primeira votação, apenas 112 deputados registraram presença e eram necessários, no mínimo, 257. Com a falta de quórum a sessão foi encerrada e convocada outra para esta quarta-feira pela manhã.

A obstrução das votações começou na reunião de líderes com o presidente da Câmara, deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), quando as lideranças não chegaram a um acordo sobre as propostas que deveriam ser votadas. Os partidos de oposição insistiam na votação do projeto que derruba o decreto presidencial sobre a Política Nacional de Participação Social.

No entanto, a primeira matéria a ser colocada em votação foi a Medida Provisória 648, que flexibilizou o horário de transmissão do programa A Voz do Brasil durante os jogos da Copa do Mundo. A MP está trancando a pauta e impedindo a apreciação de outras proposições antes dela. Também tranca a pauta o projeto que cria regras sobre a pesquisa e exploração da biodiversidade e conhecimentos tradicionais.

Bookmark and Share