Porto Alegre, domingo, 23 de Novembro de 2014

  • 03/09/2014
  • 11:03
  • Atualização: 11:09

Anvisa determina apreensão e inutilização de lote de medicamento falso

Está proibida circulação do Reumatex, fabricado por empresa desconhecida

  • Comentários
  • Agência Brasil

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou a suspensão da fabricação, distribuição, divulgação e comercialização do medicamento Reumatex, fabricado por empresa desconhecida. A agência também determinou a apreensão e a inutilização dos produtos remanescentes no mercado.

A resolução foi publicada nesta terça-feira no Diário Oficial da União. O medicamento estava sendo fabricado e comercializado irregularmente, já que não tem registro. O produto tinha na embalagem o Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica de uma empresa que desconhece o Reumatex e o registro no Ministério da Saúde de outro remédio.

Por causa da presença de corpo estranho em ampola do medicamento Contracep, um anticoncepcional injetável, a Anvisa também determinou a suspensão da distribuição e comércio do lote 601530.1. O remédio é fabricado pela empresa Germed Farmacêutica Ltda e o lote tem validade até 01/16. A empresa terá que recolher as unidades existentes no mercado relativas ao lote afetado.

Bookmark and Share