Porto Alegre, quinta-feira, 23 de Outubro de 2014

  • 04/09/2014
  • 07:10
  • Atualização: 07:38

Holanda publicará relatório sobre tragédia do voo MH17 na Ucrânia

Documento apresentará informações para investigadores do desastre

Holanda publicará relatório sobre tragédia do voo MH17 na Ucrânia | Foto: Bulent Kilic / AFP / CP

Holanda publicará relatório sobre tragédia do voo MH17 na Ucrânia | Foto: Bulent Kilic / AFP / CP

  • Comentários
  • AFP

A Holanda publicará na próxima terça-feira um primeiro relatório sobre as circunstâncias da tragédia com o voo MH17, que em meados de julho foi derrubado na Ucrânia, indicou nesta quinta-feira o escritório encarregado da investigação.

O relatório, provisório, "apresentará informações factuais baseadas nas fontes disponíveis para os investigadores", indicou em um comunicado o Gabinete de Investigação Holandês para a Segurança (OVV), a cargo de esclarecer as causas do acidente.

"Nos próximos meses, será necessário um complemento de investigação antes de redigir o relatório final. O OVV espera publicar o relatório final em um prazo de um ano a partir do acidente", indica o Gabinete. O Boeing da Malaysia Airlines que voava entre Amsterdã e Kuala Lumpur explodiu em pleno voo no dia 17 de julho, ao ser abatido quando sobrevoava o leste da Ucrânia. Transportava 298 pessoas, entre elas 193 cidadãos holandeses.

Kiev e os países ocidentais acusaram os separatistas pró-russos de terem disparado um míssil contra a aeronave. Moscou e os insurgentes acusaram o exército ucraniano. As caixas pretas do avião foram analisadas na Inglaterra pelo escritório britânico de investigação de acidentes aéreos. A direção da investigação sobre as causas foi confiada à Holanda.

Bookmark and Share