Porto Alegre, sexta-feira, 19 de Dezembro de 2014

  • 04/09/2014
  • 16:58
  • Atualização: 16:59

Seis cidades gaúchas podem ter decreto de emergência deferido até sexta-feira

Três pedidos estão em análise e outros dois devem ser enviados até o fim do prazo

  • Comentários
  • Ananda Müller/Rádio Guaíba

Pelo menos seis cidades gaúchas estão na fila para receber a homologação dos decretos de emergência decorrentes das chuvas do último final de semana e da madrugada da terça-feira. Restinga Seca já teve o decreto deferido e outras três cidades dependem do aval da Defesa Civil do Estado para que o decreto entre em vigor. Soledade, Vila Maria e Santa Cruz do Sul estão nesta listagem, que deve ser acrescida de Jari e Sério, no máximo até esta sexta. Em Sério, a prefeitura estima que pelo menos 80% da cidade tenha sido afetada pelo mau tempo.

Granizo causa destelhamentos no Alto Uruguai
Restinga Seca envia decreto de emergência a Porto Alegre
Prefeito de Jari deve assinar decreto de emergência devido a granizo

O prazo para que os municípios entreguem a documentação necessária para o pedido de emergência é de 10 dias a contar dos eventos que causaram os prejuízos. No caso das chuvas do final de semana, esse período vence no próximo dia 10. Para as chuvas de terça-feira, a data limite é 12 de setembro. Santiago, na região Central, decretou situação de emergência apenas em nível municipal nesta quinta-feira. Na cidade, cerca de 700 casas foram atingidas pelo granizo, mas as perdas não foram totais.

Previsão é de mais chuva para o final de semana


De acordo com a MetSul Meteorologia, nuvens carregadas cobrem o Norte da Argentina, trazendo em breve a instabilidade para a fronteira com o Oeste do Rio Grande do Sul. As chuvas devem ser significativas entre está quinta-feira e sábado, com volumes que podem chegar aos 200 mm ou mais.

Bookmark and Share