Porto Alegre, quarta-feira, 22 de Outubro de 2014

  • 04/09/2014
  • 17:40
  • Atualização: 17:42

Cesta básica de Porto Alegre cai pelo terceiro mês seguido, aponta Dieese

Valor do conjunto de gêneros alimentícios essenciais recuou 1,53% em agosto

Batata foi o item que mais baixou | Foto: Vinicius Roratto / CP Memória

Batata foi o item que mais baixou | Foto: Vinicius Roratto / CP Memória

  • Comentários
  • Correio do Povo

A cesta básica de Porto Alegre registrou queda pelo terceiro mês consecutivo, conforme levantamento divulgado pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) nesta quinta-feira. Houve recuo de 1,53% em agosto e o conjunto de gêneros alimentícios essenciais passou a custar R$ 325,64.

Na avaliação mensal, dos 13 produtos que compõem a cesta básica, oito registraram queda em agosto na capital gaúcha. Os maiores recuos foram verificados nos produtos in natura, como batata (-34,69%), óleo (-6,29%) e feijão (-6,13%). A banana foi o item que teve maior aumento no Estado com 5,96%.

No acumulado do ano, o conjunto de gêneros alimentícios essenciais em Porto Alegre registrou variação de 1,08% e, em doze meses, a cesta acumula alta de 4,54%.

Para adquirir a cesta básica, o salário mínimo necessário deveria ser de R$ 2.861,55, ou seja, 3,95 vezes o valor em vigor, que é de R$ 724.

Bookmark and Share