Porto Alegre, sábado, 1 de Novembro de 2014

  • 04/09/2014
  • 19:20
  • Atualização: 19:21

Suspeito de matar jornalista em Canoas deve ir para o Central

Equipe da Polícia chegou com o jovem de 19 anos no final da tarde desta quinta-feira

  • Comentários
  • Samuel Vettori / Rádio Guaíba

Já chegou ao Estado o suspeito da morte do jornalista Fabiano Cardoso, morto em maio em Canoas. O homem foi preso nessa quarta-feira no Paraná. A equipe que trouxe o investigado ao Rio Grande do Sul chegou por volta das 18h30min. O jovem, de 19 anos, deve ser encaminhado ao Presídio Central. A polícia conseguiu identificá-lo depois de encontrar a digital dele no carro da vítima.

Na casa do suspeito, foi encontrado um moletom semelhante ao usado na noite do assassinato. Ele foi intimado, ouvido, mas alegou que, no dia do crime, participou da festa de aniversário de um irmão. A Polícia descobriu que o evento ocorreu dois dias depois do assassinato.

O suspeito, segundo a polícia, fugiu para o município de Francisco Beltrão, no Paraná, onde vive parte da família. Ontem, durante operação em conjunto com a Polícia Civil paranaense, os agentes conseguiram prendê-lo na casa de um parente.

Hoje, em cumprimento de mandado de busca na casa do outro homem que é suspeito de participar do latrocínio, os agentes apreenderam um celular com imagens da negociação de uma metralhadora.

Bookmark and Share