Porto Alegre

22ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quinta-feira, 21 de Setembro de 2017

  • 25/09/2014
  • 13:56
  • Atualização: 14:04

Papa destitui bispo acusado de proteger padre suspeito de pedofilia

Demissão aconteceu após visita de delegação do Vaticano ao Paraguai para investigar caso

Papa Francisco destitui bispo acusado de proteger padre suspeito de pedofilia | Foto: Filipo Monteforte / AFP / CP

Papa Francisco destitui bispo acusado de proteger padre suspeito de pedofilia | Foto: Filipo Monteforte / AFP / CP

  • Comentários
  • Agência Brasil

O papa Francisco destituiu nesta quinta um bispo paraguaio acusado de proteger um padre suspeito de pedofilia, considerando a demissão uma decisão "dolorosa" tomada por "sérias razões pastorais". Em comunicado divulgado nesta quinta-feira, o Vaticano afirmou que a demissão do bispo de Ciudad del Este, Rogelio Livieres Plano, acontece na sequência da visita de uma delegação da Santa Igreja ao Paraguai para investigar um caso que levou à troca de acusações públicas entre líderes do clero do país vizinho.

O bispo Livieres foi publicamente atacado por colegas no Paraguai por promover e defender um padre argentino que tinha sido acusado de abuso sexual. "Esta grave decisão da Santa Igreja foi tomada por sérias razões pastorais e motivada pelo bem maior da unidade da Igreja em Ciudad del Este e na comunidade episcopal do Paraguai", diz o comunicado.

O padre argentino Carlos Urrotigoity era o número dois de Livieres na diocese, apesar de ter sido acusado de molestar menores quando estava numa paróquia na Pensilvânia, nos Estados Unidos. A diocese norte-americana onde trabalhava considerou publicamente que ele era "uma ameaça séria para os jovens".

Bookmark and Share