Porto Alegre

12ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, sexta-feira, 18 de Agosto de 2017

  • 19/05/2017
  • 17:59
  • Atualização: 18:14

Bolsa se recupera e sobe 1,69%; dólar cai para R$ 3,25

Delação dos executivos da JBS continua provocando a apreensão dos investidores

Bolsa se recupera e sobe 1,69%; dólar cai para R$ 3,25 | Foto: Nelson Almeida / AFP / CP

Bolsa se recupera e sobe 1,69%; dólar cai para R$ 3,25 | Foto: Nelson Almeida / AFP / CP

  • Comentários
  • AE

Após mais um dia de intensa turbulência - os áudios da conversa entre ele e o proprietário da JBS, as denúncias de corrupção envolvendo vários partidos, o mercado financeiro se estabilizou nesta sexta-feira. A Bolsa de Valores fechou em alta de 1, 69%, aos 62.639, 30 pontos. Foi uma pequena recuperação após a perda de 8,8% dessa quinta.

• Temer será investigado por corrupção passiva e obstrução a Justiça

• Lula e Dilma tinham US$ 150 milhões em "conta" de propina, diz Joesley

• MPF e Grupo J&F divergem sobre valor de multa para acordo

• JBS ajudou a financiar campanhas de 1.829 candidatos de 28 partidos

• Temer deu "anuência" a pagamento de propina, diz Janot

• Fachin diz que não há ilegalidade em gravações de delator da JBS

O dólar também passou por correção e devolveu parte da alta vista no dia anterior, também de mais de 8%. Hoje, a moeda encerrou os negócios cotada a R$ 3,2521, em baixa de 3,98%. A delação dos executivos da JBS continua provocando a apreensão dos investidores.

Os negócios no mercado financeiro estavam sendo guiados principalmente pela perspectiva da aprovação das reformas trabalhista e da Previdência no Congresso. Agentes do mercado, no entanto, reforçaram o discurso pela necessidade das mudanças, ainda que considerando um atraso na tramitação.