Porto Alegre

17ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, sábado, 27 de Maio de 2017

  • 17/05/2017
  • 17:44
  • Atualização: 17:47

Servidores de Porto Alegre terão pagamento parcelado a partir de junho

Valor de corte ainda não foi divulgado pela Secretaria Municipal da Fazenda

Servidores de Porto Alegre terão pagamento parcelado a partir de junho | Foto: Cesar Lopes / PMPA / CP

Servidores de Porto Alegre terão pagamento parcelado a partir de junho | Foto: Cesar Lopes / PMPA / CP

  • Comentários
  • Daiane Vivatti / Rádio Guaíba

O secretário da Fazenda de Porto Alegre, Leonardo Busatto, confirmou que, no próximo mês, os servidores públicos municipais com salários mais alto não vão receber o pagamento em dia, de maneira integral. O valor de corte, no entanto, ainda não é divulgado.

“A partir de junho, quando faltar dinheiro, a gente vai priorizar pagar os menores salários e pagar o mesmo valor para todo mundo. E, claro, quem ganha mais, a gente sabe que tem mais poupança, esses nós vamos pagar quando tiver recurso, nos primeiros dias de julho”, explica Busatto.

Nesta quarta-feira, o prefeito Nelson Marchezan Júnior divulgou uma Ordem de Serviço no Diário Oficial de Porto Alegre que estabelece diretrizes para o pagamento de fornecedores em 2017. Conforme Busatto, o modelo, criado pelo governo estadual, permite que, quando a Prefeitura não tiver dinheiro para pagar todas as despesas, consiga priorizar serviços essenciais, como creches conveniadas, merenda das crianças, medicamentos de hospitais e coleta de lixo.

A medida vai ser adotada porque a lei determina que os fornecedores sejam pagos por ordem cronológica, exceto quando se apresentarem razões de interesse público. O modelo divide os prestadores de serviço em 20 grupos, possibilitando que a Prefeitura decida quais dívidas quer quitar antes.