Porto Alegre

21ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quarta-feira, 21 de Fevereiro de 2018

  • 14/02/2018
  • 17:11
  • Atualização: 18:24

Com fim do Carnaval, movimentação volta ao normal em Porto Alegre

Grande fluxo de pessoas buscou agências bancárias e lotéricas

Nos terminais de ônibus Parobé e Rui Barbosa também havia grandes filas nesta tarde | Foto: Alina Souza

Nos terminais de ônibus Parobé e Rui Barbosa também havia grandes filas nesta tarde | Foto: Alina Souza

  • Comentários
  • Jessica Hübler

Após o feriadão de Carnaval, parece que 2018 começou de fato. O movimento em Porto Alegre na tarde desta quarta demonstrou que, quem estava no litoral, já começou a retornar para a rotina. Nos terminais de ônibus da avenida Salgado Filho, no Centro da Capital, as filas quilométricas demonstram que, aos poucos, a movimentação no comércio da região central está sendo retomada. Nos terminais de ônibus Parobé e Rui Barbosa também havia grandes filas nesta tarde.

De sexta-feira até a noite de terça-feira, a movimentação no Centro Histórico estava bem abaixo do normal. Outro ponto que chamou atenção na quarta-feira de cinzas foi o grande fluxo de pessoas em busca das agências bancárias e lotéricas. Na agência do Banrisul da avenida da Azenha, por exemplo, as portas permaneceram a maior parte do tempo abertas pois, a cada minuto, uma pessoa ingressava no estabelecimento com as contas em mãos.

A movimentação nas instituições financeiras foi acima do comum, principalmente porque os bancos, que abrem normalmente às 10h, iniciaram as atividades ao meio-dia. O 4º Tabelionato de Notas, também na Azenha, registrou movimentação intensa. Além disso, o trânsito também começou a retomar o fluxo considerado normal para a cidade. As ruas, antes vazias, dão espaço às buzinas e à intensa movimentação de veículos.

Na Lotérica Gaúcha, localizada no Mercado Público, dezenas de pessoas aguardavam na fila para efetuar pagamentos de contas que venceram no feriado. Não foram somente as despesas que movimentaram a quarta-feira pós-carnaval. As bancas do Mercado Público também ficaram movimentadas.