Porto Alegre

20ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, sábado, 18 de Novembro de 2017

  • 17/05/2017
  • 13:26
  • Atualização: 13:39

Primeiro-ministro irlandês Enda Kenny anuncia que irá renunciar

Com críticas à sua gestão, líder de centro-direita deixará cargo para partido escolher novo chefe de governo

Enda Kenny, líder de centro-direita, de 66 anos, deixará cargo  | Foto: John Thys / AFP /CP

Enda Kenny, líder de centro-direita, de 66 anos, deixará cargo | Foto: John Thys / AFP /CP

  • Comentários
  • AFP

O primeiro-ministro irlandês, Enda Kenny, anunciou nesta quarta-feira que à meia-noite deixará a liderança do seu partido Fine Gael, abrindo assim o processo para eleger um novo chefe de governo no início de junho. "No ano passado declarei que não iria liderar o Fine Gael nas próximas eleições. Decidi colocar em prática esta decisão", afirmou o líder de centro-direita, de 66 anos, em um comunicado.

Kenny chegou ao poder em 2011 e liderou o país após a crise financeira de 2008. Apesar de ter sido reeleito em 2016, não conseguiu a maioria absoluta e se viu obrigado a contar com o apoio da oposição para governar. Sempre assegurou que não buscaria um terceiro mandato, mas sua saída foi precipitada pelas críticas a sua gestão de um escândalo na polícia.

A renúncia abre o processo de nomeação de um novo secretário-geral do Fine Gael e primeiro-ministro em 2 de junho, o mais tardar. "Quero assegurar que durante este processo interno, vou continuar cumprindo com os meus deveres e responsabilidades", afirmou Kenny, que estava há 15 anos à frente do Fine Gael.