Porto Alegre

16ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quinta-feira, 22 de Junho de 2017

  • 17/05/2017
  • 07:09
  • Atualização: 08:14

Operação combate roubos a banco no Rio Grande do Sul

Ofensiva chamada de Tríade deve cumprir mais de 100 ordens judiciais em 14 cidades

Operação combate roubos a banco no Rio Grande do Sul  | Foto: Polícia Civil / Divulgação / CP

Operação combate roubos a banco no Rio Grande do Sul | Foto: Polícia Civil / Divulgação / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

A Polícia Civil deflagrou na manhã desta quarta-feira uma operação para combater roubos a banco no Rio Grande do Sul. A ofensiva, chamada de Tríade, deve cumprir mais de 100 ordens judiciais em 14 cidades do Estado. Trinta e duas pessoas foram presas, segundo informações do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic).  

A operação tem a intenção de cumprir 116 medidas judiciais: 47 mandados de busca e apreensão, 45 mandados de prisão preventiva, três mandados de apreensão de veículos automotores e 21 conduções coercitivas. Os mandados foram expedidos para as cidades de Caxias do Sul, Flores da Cunha, São Marcos, Boa Vista das Missões, Seberi, Lajeado do Bugre, Jaboticaba, Rodeio Bonito, Redentora, Teutônia, Lajeado, Esteio e Novo Hamburgo.

De acordo com o Deic, a operação de hoje tem o objetivo de desarticular ao menos três organizações criminosas responsáveis por diversos ataques a banco e estabelecimentos comerciais em 2016 e 2017 nas cidades Fontoura Xavier, Maximiliano de Almeida,  Monte Belo do Sul, Muitos Capões, Planalto, Putinga, Redentora, Rodeio Bonito, Seberi e Tupanci do Sul. As instituições bancárias atingidas são Banco do Brasil, Banrisul e Sicredi. 

Conforme a investigação, todos os ataques ocorreram de forma violenta, com emprego de armas e fazendo uso de reféns.