Porto Alegre

18ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quinta-feira, 27 de Julho de 2017

  • 18/05/2017
  • 06:35
  • Atualização: 09:51

Operação da PF cumpre mandados contra Aécio Neves no Rio de Janeiro

Ofensiva serve de desdobramento da Lava Jato

Operação da PF cumpre mandados de delação da JBS contra Aécio Neves | Foto: Futura Press / Folhapress / CP

Operação da PF cumpre mandados de delação da JBS contra Aécio Neves | Foto: Futura Press / Folhapress / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

A Polícia Federal (PF) deflagrou na manhã desta quinta-feira uma operação que serve como desdobramento da Lava Jato e que deve cumprir mandados de busca e apreensão contra o senador Aécio Neves no Rio de Janeiro, autorizados pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin. 

Segundo informações do jornal O Estado de São Paulo, a ofensiva mira ainda pessoas ligadas ao senador Aécio Neves: Andréia Neves, irmã do senador, e Altair Alves, ligado ao ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha. Agentes foram até o prédio na rua Samuel Pereira, no bairro Anchieta, em Belo Horizonte. Aécio Neves tem um apartamento no local. A PF também está em um imóvel do tucano em Ipanema, no Rio, e também no Lago Sul, em Brasília.

A operação ocorre um dia depois que gravações obtidas pelo jornal O Globo revelam que o presidente Michel Temer avalizou o pagamento de uma mesada ao ex-presidente da Câmara e hoje preso, Eduardo Cunha. Em seu depoimento aos procuradores, Joesley Batista, dono do grupo JBS, afirmou que não foi Temer quem determinou a mesada, mas que o presidente tinha pleno conhecimento sobre os pagamentos.

O empresário também teria gravado Aécio lhe pedindo R$ 2 milhões. O valor teria sido entregue a um primo do senador, em espécie, que teria levado as notas para uma empresa do senador Zezé Perrella (PMDB-MG).