Porto Alegre

19ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

  • 11/08/2017
  • 18:40
  • Atualização: 19:09

Alckmin cita péssimo momento político, mas acredita na recuperação do Brasil

Governador de São Paulo participará de jantar com José Ivo Sartori

Governador de São Paulo participará de jantar com José Ivo Sartori  | Foto: Rádio Guaíba / Divulgação / CP

Governador de São Paulo participará de jantar com José Ivo Sartori | Foto: Rádio Guaíba / Divulgação / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo e Rádio Guaíba

Em Porto Alegre para participar de um jantar oferecido por José Ivo Sartori (PMDB), o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), afirmou nesta sexta-feira, em entrevista à Rádio Guaíba, que o Brasil vive um péssimo momento político e a recuperação depende de uma atitude positiva do governo federal. 

"Há uma falência de estrutura partidária do País, mas há como recuperar porque nós temos tamanho e um povo muito trabalhador e é isso que me deixa mais confiante. Apesar disso, o governo não pode ficar nas costas do trabalhador, com uma gestão cara, burocrática, fazendo o Brasil perder competitividade", destacou Alckmin. 

O governador paulista ainda defendeu a inclusão do voto distrital misto já para as próximas eleições. "Defendo cláusula de desempenho, para a gente não ter 35 partidos, o voto distrital misto, para que a gente possa ter uma campanha mais barata, o que aproxima o representante do representado. O que se argumentou sobre o "distritão" é que este modelo seria o primeiro passo para o distrital misto, para realizá-lo somente em 2022. Mas por que não faz agora? Quem fala em fazer em 2022, pode fazer agora", disse Alckmin. 

Ao falar sobre financiamento de campanha, Alckmin lembrou que há dois modelos que podem ser utilizados. "Há dois modelos no mundo. Financiamento privado e o público. O público é com menos partidos, o que pede o parlamentarismo. Mas isso também pressupõe a reforma política, que não se faz sem ter partidos mais programáticos", frisou.