Porto Alegre

18ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

  • 20/09/2017
  • 22:21
  • Atualização: 22:24

Chama crioula é extinta no Acampamento Farroupilha

Novo modelo de gestão do foi destacado pelo MTG, que diz que 200 mil pessoas foram ao local nesta quarta

Chama crioula foi extinta no começo da noite desta quarta-feira | Foto: Fabiano do Amaral

Chama crioula foi extinta no começo da noite desta quarta-feira | Foto: Fabiano do Amaral

  • Comentários
  • Correio do Povo

A Chama Crioula foi extinta no começo da noite desta quarta-feira, em Porto Alegre, e encerrou os Festejos Farroupilhas deste ano. Durante a cerimônia, no Parque da Harmonia, que teve a presença do ex-governador Olívio Dutra, o presidente do Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG), Nairo Callegaro, agradeceu aos voluntários, em torno de 200 pessoas, que estiveram envolvidos na realização do evento. Ele afirmou que todos “exerceram o verdadeiro espírito do voluntariado”. Além disso, agradeceu aos 360 piquetes que acamparam no local.

Já a patrona dos Festejos Farroupilhas, Elma Sant’Ana, destacou que o momento representa “esperança, harmonia e renovação” para o próximo ano, quando o Acampamento deve ser montado novamente.

• Milhares acompanham o desfile farroupilha

O último dia da 30ª edição do Acampamento Farroupilha teve o fechamento com chave de ouro. A estimativa do Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG) é que mais de 200 mil pessoas tenham circulado pelo Parque da Harmonia apenas nesta quarta-feira. Durante todo o acampamento, a projção é de aproximadamente 1 milhão de pessoas.

A movimentação foi intensa desde a madrugada. Durante o dia, nem o sol forte espantou os visitantes e, após o desfile tradicional na avenida Beira-Rio, todos os caminhos levaram ao Acampamento novamente.

Também não faltou programação durante o dia. O palco principal recebeu diversas atrações e, nos piquetes, a lotação era tanta que mesas e cadeiras foram colocadas nas laterais das vias do parque para acomodar mais pessoas.

Novo modelo de gestão é elogiado

O novo modelo de gestão do Acampamento Farroupilha foi celebrado pelo presidente do Movimento Tradicionalista Gaúcho. “A gente colocou a máquina do MTG a trabalhar. Foram funcionários do MTG, da fundação, uma equipe grande de funcionários da 1ª região e tradicionalistas que trabalham anonimamente e não ganham nada. E nada se construiu sozinho”, ressaltou Callegaro.

De acordo com ele, a 30ª edição foi o maior Acampamento Farroupilha, levando em conta o modelo autossuficiente. “O MTG cumpre um papel social, um compromisso com a sociedade gaúcha em entregar à população o maior evento do Rio Grande do Sul. Estamos atingindo um outro patamar e uma maioridade”, afirmou.