Correio do Povo

Porto Alegre, 28 de Julho de 2014


Porto Alegre
Agora
11ºC
Amanhã
13º 25º


Faça sua Busca



Esportes > Copa 2014

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

16/05/2014 15:02 - Atualizado em 16/05/2014 15:14

Falcao García admite que será "impossível" chegar 100% à Copa

Atacante colombiano sofreu uma grave lesão no joelho em janeiro

Atacante colombiano sofreu uma grave lesão no joelho em janeiro<br /><b>Crédito: </b> John Thys / AFP / CP
Atacante colombiano sofreu uma grave lesão no joelho em janeiro
Crédito: John Thys / AFP / CP
Atacante colombiano sofreu uma grave lesão no joelho em janeiro
Crédito: John Thys / AFP / CP

O atacante colombiano Radamel Falcao García, que sofreu uma grave lesão no joelho em janeiro, reconheceu que seria impossível chegar "a 100% em forma" à Copa do Mundo no Brasil, mas não descarta disputar a competição.
Na edição desta sexta-feira do jornal espanhol Marca, o jogador de 28 anos explicou que pretendia "tomar uma decisão em breve" sobre sua participação ao torneio.

O atacante do Mônaco foi incluído na pré-lista de 30 jogadores divulgada na terça-feira técnico da seleção colombiana, José Pékerman, que terá que reduzi-la para 23 até o dia 2 de junho. Nesta sexta, ele treinou com seus companheiros do Mônaco.

"Chegar a 100% em forma será impossível, porque falta ritmo de jogo. Para resumir, se estiver me sentindo bem, irei. Se não me sentir seguro e achar que não posso acrescentar nada, serei sensato e não irei", explicou. "Já estou conseguindo chutar a bola e estou me sentindo bem. Mas tocar na bola é uma coisa, jogar com um grupo com exigência profissional é outra. É neste segundo nível que meu joelho precisa responder adequadamente", explicou o maior astro da seleção colombiana.

Falcao, corre contra o relógio para tentar se recuperar a tempo cinco meses depois de ter rompido o ligamento cruzado do joelho esquerdo no dia 23 de janeiro contra um time amador, em partida válida pela Copa da França.

Na última quarta-feira, o pai do jogador também disse que sua maior preocupação era a falta de ritmo de jogo do filho, lembrando ainda que médicos costumam avaliar em 6 a 7 meses o tempo de recuperação para uma lesão deste tipo. A Colômbia integra o grupo C, junto com Grécia, Japão e Costa do Marfim. A estreia será no dia 14 de junho contra os gregos, no Mineirão.

Bookmark and Share


Fonte: AFP





O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.