Correio do Povo

Porto Alegre, 2 de Agosto de 2014


Porto Alegre
Agora
17ºC
Amanhã
19º 28º


Faça sua Busca



Esportes > Copa 2014

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

15/06/2014 00:07 - Atualizado em 20/06/2014 14:35

Costa do Marfim vence o Japão de virada por 2 a 1

Na próxima rodada, seleção africana enfrenta os colombianos, nesta quinta-feira, às 13h, em Brasília

Jogadores da Costa do Marfim festejam a vitória de virada
Crédito: Emmanuel Dunand / AFP / CP

Um jogo, sem Drogba. Outro, totalmente diferente, com ele. Assim foi a partida entre Costa do Marfim e Japão, neste sábado, na Arena Pernambuco. Bastou o centroavante, que está com um problema no joelho direito, entrar para os africanos virarem o jogo diante dos japoneses. É verdade, Drogba não balançou a rede, mas sua presença foi importantíssima no triunfo por 2 a 1.

Os gols marfinenes, no segundo tempo, foram feitos por Bony e Gervinho. No primeiro tempo, Honda havia aberto o placar para os japoneses. Com a vitória, a equipe africana está em segundo lugar no Grupo C da Copa do Mundo, atrás da Colômbia no saldo de gols. Enquanto isso, os orientais se encontram na terceira posição, à frente da Grécia.

Na próxima rodada, a Costa do Marfim enfrenta os colombianos, nesta quinta-feira, às 13h, em Brasília. Logo depois, às 19h, o Japão pega os gregos, em Natal.

Japão sai na frente

A partida começou com os marfinenses dominando as ações. Retraído na defesa, o Japão se preocupava em evitar o perigo causado por Gervinho, que incomodava no início do jogo. Aos 15 minutos, porém, o panorama mudou. Em rápida cobrança de escanteio. Honda recebeu a bola dentro da área e mandou uma bomba: 1 a 0 para o Japão.

Cinco minutos depois, a seleção japonesa voltou a ameaçar. Em boa descida pela direita, Uchida driblou o marcador e chutou para a defesa de Barry. No rebote, o lateral-direito finalizou novamente. desta vez, a zaga conseguiu afastar.
Aparentemente desnorteada após ter sofrido o gol, a equipe marfinense demorou um pouco para retomar as ações. A prova disso é que o time só ameaçou a defesa japonesa em duas jogadas. Uma de Touré, outra de Gervinho. Enquanto isso, o Japão saia nos contra-ataques com Honda.

Virada Relâmpago

Assim como no primeiro tempo, os marfinenses iniciaram a segunda etapa controlando o jogo. Logo aos dois minutos, os africanos fizeram ótima jogada no campo de ataque. Depois de uma linha de passes, Bony acabou desperdiçando o lance, ao cabecear para fora.

Maestro do time africano, Touré era quem orquestrava as jogadas de ataque. Em lindo lance, aos 11 minutos, o meia entrou na área adversária, foi derrubado, mas tentou prosseguir. O árbitro, por sua vez, não marcou pênalti. Logo depois, o técnico Sabri Lamouchi resolvou colocar fogo no jogo, ao chamar Drogba para entrar na partida.

A ideia do treinador africano não demorou muito para causar reflexo no placar. Logo aos 19 minutos, Bony aproveita cruzamento pelo lado direito e cabeceou para empatar o jogo. No minuto seguinte, em jogada idêntica, Gervinho cabeceou para virar: 2 a 1.

Após o baque, o Japão pouco conseguiu produzir. O placar, portanto, permaneceu intacto até o apito final. Triunfo dos marfinenses.

• Veja as animações dos outros gols do Mundial no blog CP na Copa

Bookmark and Share


Fonte: Lancepress





O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.