Correio do Povo

Porto Alegre, 28 de Julho de 2014


Porto Alegre
Agora
6ºC
Amanhã
10º 21º


Faça sua Busca



Esportes > Copa 2014

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

15/06/2014 17:52 - Atualizado em 20/06/2014 14:45

Com dois de Benzema, França faz 3 a 0 em Honduras no Beira-Rio

Jogo teve gol confirmado com ajuda da tecnologia

Benzema foi o grande destaque da partida<br /><b>Crédito: </b> Ricardo Giusti
Benzema foi o grande destaque da partida
Crédito: Ricardo Giusti
Benzema foi o grande destaque da partida
Crédito: Ricardo Giusti

Porto Alegre voltou a receber um jogo de Copa do Mundo na tarde deste domingo após quase 64 anos em uma partida que entrou para a história em termos de arbitragem. A vitória de 3 a 0 da França sobre Honduras no Beira-Rio, com dois gols de Benzema e um contra do goleiro Valladares, foi o primeiro jogo em que a tecnologia ajudou um ábitro em um torneio organizado pela Fifa.

No segundo tento francês, o chute de Benzema acertou o travessão, bateu na mão do goleiro hondurenho Valladares e entrou. O árbitro Sandro Meira Ricci só confirmou o gol após a imagem confirmar que a bola havia passado a linha. A goleada dá a liderança do Grupo E da Copa do Mundo para a França, que voltou a balançar as redes em mundias após 16 anos. Com os mesmos três pontos da Suíça, o time francês leva vantagem no saldo de gols. Na próxima sexta-feira, as duas seleções se enfrentam, às 16h, na Fonte Nova.

França pressiona e chega ao gol em pênalti 

Sem a tradicional execução de hinos que ocorre antes dos jogos de Copa do Mundo, a bola rolou para França e Honduras no Beira-Rio. O time de Didier Deschamps desde os primeiros minutos começou a mostrar sua superioridade técnica e não deixava Honduras sair do seu campo.

Nos primeiros 15 minutos, a posse de bola francesa já era de 65%. A primeira chance da França veio aos 14 com Mauidi. Após falta batida por Valbuena, ele pegou o rebote e acertou um bonito chute que atingiu o travessão de Valladares. Seis minutos depois, outra bola no travessão hondurenho. Aos 22, Evra cruzou da esquerda e Griezmann cabeçou fime e por pouco não marcou o gol.

A França seguiu pressionando uma assusta Honduras que não conseguia sair de seu campo. Aos 24, Valbuena fez boa jogada pela direita e rolou para Benzema. O centroavante do Real Madrid pegou mal na bola e mandou para fora. Foi de Benzema também a oportunidade aos 40, mas Najar apareceu para salvar.

Quando parecia que o primeiro tempo iria terminar sem gols, o árbitro brasileiro Sandro Meira Ricci viu pênalti de Palacios em Pobga. O hondurenho, que já tinha cartão amarelo, foi expulso. Na cobrança, Benzema bateu no canto sem chances para Valladeres e decretou a vantagem francesa na primeira etapa, 1 a 0. O gol foi o primeiro da França em estreias de Copa desde 1998.

Tecnologia ajuda arbitragem e França goleia

Atrás no marcador e com um jogador a menos, Honduras voltou com duas mudanças para a segunda etapa. Boniek e Chavez entraram nos lugares de Bengtson e Bernardez. As alterações mal tiveram tempo de dar resultado e a França já chegou ao segundo gol. Aos 2, Benzema finalizou, a bola bateu na trave, no goleiro Valladares e entrou. O lance causou confusão e o árbitro Sandro Meira Ricci só confirmou o gol contra do goleiro hondurenho após a ajuda da imagem, 2 a 0 França.

Com vantagem de dois gols e um jogador a mais, a França manteve o domínio da partida. Honduras procurava apenas não deixar o placar aumentar. Aos 18, Evra cruzou da direita e Matuidi finalizou uma bola que bateu no lado de fora da rede e fez muita gente no Beira-Rio acreditar que havia sido gol.

O grito de gol preso aos 18 minutos foi solto aos 28, quando, após cobrança de escanteio, a bola sobrou para Benzema, que soltou a bomba e marcou, 3 a 0 França. O placar já virava goleada no Beira-Rio.

Os minutos finais do jogo foram pouco movimentados. O técnico francês tirou dois dos seus principais jogadores, Pogba e Valbuena já pensando no confronto da próxima sexta com a Suiça enquanto Honduras limitou-se a defender. Final de jogo no Beira-Rio: França 3 x 0 Honduras.


Grupo E - Primeira rodada

FRANÇA - 3

Lloris, Debuchy, Varane, Sakho e Evra; Pogba (Sissoko), Cabaye (Mavuba) e Matuidi; Valbuena (Giroud), Benzema e Griezmann. Técnico: D. Deschamps

HONDURAS - 0
Valladares; Figueroa, Bernárdez (Boniek), Izaguirre e Palacios; Bengston (Chavez), Carlo Costly, Espinoza, Andy Najar (Claros), Garrido e Beckeles. Técnico: L. F. Suárez

Gols: Benzema (44min/1ºT-28min/2ºT) Valladares contra (2min/2ºT)
Cartões amarelos: Evra, Pogba, Cabaye (FRA); Garcia, Boniek (HON)
Cartão vermelho: Palacios (HON)

Árbitro: Sandro Meira Ricci (Brasil)
Local: estádio Beira-Rio






Bookmark and Share

Fonte: Cristiano Munari / Correio do Povo





O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.