Correio do Povo

Porto Alegre, 24 de Julho de 2014


Porto Alegre
Agora
12ºC
Amanhã
16º


Faça sua Busca



Esportes > Copa 2014

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

15/06/2014 21:03 - Atualizado em 15/06/2014 21:23

Goleiro da França critica falha em sistema de som do Beira-Rio

Problema impediu que hinos nacionais fossem executados

Goleiro da França critica falha em sistema de som do Beira-Rio<br /><b>Crédito: </b> Rodrigo Arangua / AFP / CP
Goleiro da França critica falha em sistema de som do Beira-Rio
Crédito: Rodrigo Arangua / AFP / CP
Goleiro da França critica falha em sistema de som do Beira-Rio
Crédito: Rodrigo Arangua / AFP / CP

O goleiro francês Hugo Lloris considerou uma vergonha a falha no sistema de som do estádio Beira-Rio antes da bola rolar para França x Honduras. O problema impediu que os hinos nacionais dos dois países fossem executados, o que é de praxe em competições como a Copa do Mundo.

• Torcida grita “Uh, Fernandão” no primeiro jogo depois da morte do ídolo do Inter
• Franceses atravessam continente para “sentir clima” da Copa

"É uma vergonha não ter tocado o hino", afirmou. "Espero que no próximo jogo não tenha o mesmo problema", acrescentou o goleiro. "Ficamos desapontados depois desse problema, mas pode acontecer." O sistema de som funcionou tanto antes quanto depois da partida.

Outro assunto bastante comentado com referência à partida foi o uso da tecnologia para a marcação de gol, decisiva para o segundo gol francês. "O árbitro tem um relógio e se apitar significa que é gol, nada mais", comentou o atacante Griezmann. "Estava certo que era gol."

Ainda que a câmera apontasse que a bola entrou, os jogadores da seleção de Honduras reclamaram bastante com o árbitro Sandro Meira Ricci.








Bookmark and Share

Fonte: Correio do Povo





O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.