Correio do Povo

Porto Alegre, 22 de Agosto de 2014


Porto Alegre
Agora
20ºC
Amanhã
20º 32º


Faça sua Busca



Esportes > Copa 2014

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

17/06/2014 17:17 - Atualizado em 17/06/2014 17:31

Van Gaal e Sneijder mantêm “pés no chão” após goleada sobre Espanha

Técnico da Holanda espera jogo mais corrido contra Austrália por conta do clima de Porto Alegre

Van Gaal minimiza favoritismo da Holanda após goleada sobre a Espanha<br /><b>Crédito: </b> Damien Meyer / AFP / CP
Van Gaal minimiza favoritismo da Holanda após goleada sobre a Espanha
Crédito: Damien Meyer / AFP / CP
Van Gaal minimiza favoritismo da Holanda após goleada sobre a Espanha
Crédito: Damien Meyer / AFP / CP

A goleada de 5 a 1 em cima da atual campeã do mundo transformou a Holanda em uma das sensações e favorita da Copa do Mundo. Afinal, golear a Espanha, equipe que dominou o futebol nos últimos anos, assombrou a todos. No entanto, os holandeses tratam de manter os pés no chão. “Você ganha a Copa do Mundo somente na final. Esta é só a primeira etapa. Temos que pensar na Austrália que vai ser um jogo muito difícil”, destacou o técnico Louis Van Gaal.

Segundo ele, não foi preciso nem conversar com os atletas para conter uma possível euforia. “Não fiz nada porque sinto que o time reagiu muito bem. Foi simplesmente uma vitória, nada além disso”, acrescentou. O técnico não quis confirmar a mudança na escalação deixando a equipe mais ofensiva com a entrada Lens, atacante, na vaga de Vlaar, zagueiro. “Não vamos revelar o nosso sistema. Podemos fazer alguma alteração”, ressaltou.

Van Gaal concordou com o comandante da Austrália, Ange Postecoglu, que o clima de Porto Alegre pode deixar o jogo mais corrido. “Faz muita diferença jogar em Porto Alegre ou Manaus. A temperatura aqui é boa e podemos jogar com velocidade”, completou.

Sneijder esteve ao lado do treinador na coletiva, mas não quis relembrar do seu gol de 2010 que eliminou o Brasil da Copa da África do Sul. “Isso é passado. Estamos falando de 2014 agora”, disse.

O meia também fez questão de garantir que não há euforia no elenco holandês pelo triunfo contra a Espanha. “Todos sabemos que foi uma boa vitória, mas só levamos os três pontos. Queremos os seis agora”, finalizou.

Bookmark and Share

Fonte: William Lampert / Correio do Povo





O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.