Correio do Povo

Porto Alegre, 22 de Julho de 2014


Porto Alegre
Agora
18ºC
Amanhã
14º 23º


Faça sua Busca



Esportes > Copa 2014

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

17/06/2014 20:53 - Atualizado em 20/06/2014 14:54

Rússia e Coreia do Sul empatam em 1 a 1 na Arena Cuiabá

Goleiro Akinfeev levou frango no gol dos asiáticos

Rússia e Coreia do Sul empatam em 1 a 1 na Arena Cuiabá<br /><b>Crédito: </b> Adrian Dennis / AFP / CP
Rússia e Coreia do Sul empatam em 1 a 1 na Arena Cuiabá
Crédito: Adrian Dennis / AFP / CP
Rússia e Coreia do Sul empatam em 1 a 1 na Arena Cuiabá
Crédito: Adrian Dennis / AFP / CP

Rússia e Coreia do Sul empataram em 1 a 1 em um jogo com dois tempos distintos, nesta terça-feira. A partida pelo grupo H fechou a primeira rodada de jogos da Copa do Mundo. A Bélgica lidera a chave e a Argélia é a lanterna. Sem muita ação no primeiro tempo, a partida ganhou emoção no segundo, depois que o goleiro Akinfeev levou um frango. A reação russa, porém, não demorou e logo depois Kerzhakov deixou tudo igual.

Na próxima rodada do grupo, a Rússia irá encarar a Bélgica e a Coreia do Sul irá enfrentar a Argélia, domingo, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre.

Primeiro tempo fraco

Respeitando uma à outra, as duas equipes entraram em campo com disposição de correr, mas sem qualidade técnica para proporcionar um bom espetáculo ao público, que compareceu em peso na Arena Pantanal. As chances de gol foram poucas. Era possível contá-las com os dedos de uma única mão.

Com 10 minutos de jogo, Heung-Min arrancou com a bola e soltou uma bomba, que passou por cima do gol. Parou por aí. Os goleiros só foram perturbados bastante tempo depois. Aos 30, Ignashevich cobrou falta com força e Sung-Ryong, atrapalhado, defendeu com o peito. A resposta sul-coreana veio logo depois, com o relógio indicando 33 minutos, e contou com sorte: após finalização de longa distância, a bola desviou na zaga russa e passou rente à trave de Akinfeev, já batido no lance.

Sem mais jogadas de emoção, a partida tornou-se tediosa e o juiz, como se também não aguentasse mais, deu apenas um minuto de acréscimo, apenas para cumprir o protocolo. Ao soar do apito, muitas vaias vindas da arquibancada.

Bancos de reservas fazem a alegria dos torcedores

As vaias parece que surtiram o efeito necessário nos jogadores de ambas as equipes. Os dois times voltaram muito mais animados e buscando a vitória. Inicialmente, a Coreia estava melhor e, em duas finalizações, chegou ao gol de Akinfeev, que mostrava muita insegurança rebatendo as bolas. Na terceira chegada, o goleiro entregou o ouro. Em chute de fora da área de Keun-Ho, que acabara de entrar na partida, o arqueiro falhou feio e sofreu um "frangaço".

O gol sofrido despertou os russos, que chegaram ao empate pouco depois, também com um atleta que havia saído do banco de reservas: Kerzhakov, depois de um bate-rebate dentro da área adversária, completou para o fundo das redes dos sul-coreanos, aos 28 minutos.

Tanto Coreia do Sul quanto Rússia seguiram em busca da vitória, mas acabaram tropeçando nas próprias limitações. No final, o placar acabou indicando o empate de 1 a 1, que manteve os dois abaixo da Bélgica, na classificação do Grupo H. Ao menos dessa vez, quando o juiz apitou, os torcedores aplaudiram.





Bookmark and Share

Fonte: Correio do Povo e Lancepress





O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.