Correio do Povo

Porto Alegre, 2 de Outubro de 2014


Porto Alegre
Agora
13ºC
Amanhã
13º 20º


Faça sua Busca



Esportes > Copa 2014

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

23/06/2014 09:42 - Atualizado em 23/06/2014 10:03

Brasil quer resgatar bom futebol diante de Camarões

No centésimo jogo em Copas, Seleção busca liderança do Grupo A às 17h no Mané Garrinha

Brasil quer resgatar bom futebol diante de Camarões <br /><b>Crédito: </b> Ricardo Stuckert / CBF / Divulgação / CP
Brasil quer resgatar bom futebol diante de Camarões
Crédito: Ricardo Stuckert / CBF / Divulgação / CP
Brasil quer resgatar bom futebol diante de Camarões
Crédito: Ricardo Stuckert / CBF / Divulgação / CP

Brasília costuma dar sorte à Seleção Brasileira. Se o time de Luiz Felipe Scolari precisa dar uma resposta ao torcedor e embalar na Copa do Mundo, a capital federal parece ser o local mais apropriado. O Brasil faz nesta segunda-feira, às 17h, diante de Camarões, o centésimo jogo em Mundiais.

A partida é a primeira grande decisão da equipe no torneio e definirá o caminho até o hexacampeonato. O confronto vale mais do que a vaga nas oitavas e o primeiro lugar do grupo A. Vale o resgate do bom futebol e da confiança da torcida, dois fatores que serão essenciais nas próximas fases. Além disso, a Seleção vai enfrentar um adversário já eliminado.

O Brasil muda para o confronto com os camaroneses. Hulk, que não jogou contra o México por conta de um desconforto muscular, retorna ao time. Pelo menos foi o que Felipão indicou nos treinamentos na Granja Comary, em Teresópolis. Ontem, o treinador, pela segunda vez consecutiva nesta Copa do Mundo, abriu apenas os primeiros 15 minutos do treino de reconhecimento do gramado do Mané Garrincha, algo que já havia ocorrido no Castelão, em Fortaleza.

A Seleção entrará em campo sabendo se enfrentará Chile ou Holanda nas oitavas, dependendo do resultado que obtiver. Esse fato gerou críticas do técnico holandês Louis van Gaal. Ele também disse que o Brasil deve temer a Holanda. Felipão não deixou barato e respondeu ontem na entrevista pós-treino no Mané Garrincha. "Alguns estão se manifestando dizendo que nós vamos escolher adversário. São burros ou mal-intencionados", disparou o treinador. "Se tivéssemos vencido o México, estaríamos em uma situação mais tranquila. Respeito Camarões, mas precisamos vencer este jogo", completou o técnico.

Felipão tem depositado confiança em seus comandados, apesar do rendimento aquém das expectativas nas duas primeiras rodadas. Ele segue apostando na equipe que começou a Copa, mas para alguns titulares, como Paulinho e Fred, o jogo de hoje é a oportunidade de provar que merecem continuar entre os 11 escolhidos pelo técnico. Os dois foram os mais criticados até aqui e precisam resgatar seus melhores momentos na Seleção.

Camarões sem Eto'o


O técnico de Camarões, Volker Finke, não escondeu o ceticismo quanto a possibilidade de o atacante Eto'o iniciar a partida entre os titulares contra o Brasil. O treinador destacou que somente um milagre permitiria que ele atuasse desde o início do confronto.

"Talvez ele possa ajudar por alguns minutos, mas é um pouco incerto. Começar como titular, não. Acredito que não vai ocorrer um milagre durante a noite e, por isso, a titularidade vai ser impossível", revelou o alemão Volker.

Por causa de uma contusão no joelho direito, Eto'o desfalcou o time na última partida, durante a derrota para a Croácia. Desde então, o jogador passou a trabalhar fora do grupo e, neste domingo, ficou no banco de reservas, enquanto os companheiros faziam o reconhecimento do gramado do Mané Garrincha.

Além de Eto'o, o técnico de Camarões foi bombardeado com o assunto que tratou da suspeita da Fifa sobre a possibilidade de manipulação de resultados no confronto entre Brasil e Camarões. Volker se mostrou incomodado e fez uma árdua defesa de seus atletas ao destacar que eles não aceitariam dinheiro para perder ou ganhar.

Grupo A

Brasil
Julio Cesar; Daniel Alves, Thiago Silva, David Luiz e Marcelo; Luiz Gustavo, Paulinho, Oscar; Hulk, Neymar e Fred. Técnico: Luiz Felipe Scolari. 

Camarões

Nyom; N'Koulou, Chedjou, Bedimo e Mbia; Nguemo, Enoh, Aboubakar e Webo; Choupo e Moting. Técnico: Volker Finke.

Local: estádio Mané Garrincha.

Árbitro: Jonas Eriksson.

Início: 17h.

Com informações do repórter Rafael Peruzzo

Bookmark and Share


Fonte: Correio do Povo e Lancepress





O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.