Correio do Povo

Porto Alegre, 23 de Julho de 2014


Porto Alegre
Agora
17ºC
Amanhã
14º 24º


Faça sua Busca



Esportes > Copa 2014

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

23/06/2014 20:42

Felipão elogia Fernandinho e deve mudar time contra o Chile

Técnico considera que a Seleção Brasileira fez sua melhor partida na Copa do Mundo contra Camarões

Felipão elogia Fernandinho e deve mudar time contra o Chile<br /><b>Crédito: </b> Rafael Ribeiro / CBF / CP
Felipão elogia Fernandinho e deve mudar time contra o Chile
Crédito: Rafael Ribeiro / CBF / CP
Felipão elogia Fernandinho e deve mudar time contra o Chile
Crédito: Rafael Ribeiro / CBF / CP

Para o técnico Luiz Felipe Scolari, a Seleção Brasileira fez nesta segunda-feira sua melhor partida na Copa do Mundo. O placar foi dilatado, 4 a 1 contra Camarões, mas o time só deslanchou depois do intervalo, com Fernandinho no lugar de Paulinho. O treinador não definiu será haverá mudança para o jogo contra o Chile, às 13h de sábado, no Mineirão, pelas oitavas de final.

“Não sei, vou analisar os jogos, tirar essa adrenalina toda do corpo. Vou observar vídeo, ver jogadas de novo, pode ser que eu interprete de novo. Vamos analisar o Chile, mudar horários de treinamento, para chegarmos tranquilos no jogo de sábado e com a melhor equipe”, despistou o técnico, que elogiou muito o camisa 5.

“A entrada do Fernando foi boa, foi providencial em situações defensivas e ofensivas. Ele tem bom passe, trabalha no dia a dia, então quando a gente coloca é porque acha que é a melhor opção. Tem uma frase importante: a natureza não dá saltos, é devagar. O que estamos plantando e tentando colher é no dia a dia. Mesmo com as dificuldades para fazer os gols, que foram quatro, mas podiam ser sete ou oito, nós já melhoramos de novo. E podemos melhorar um pouquinho mais, se quisermos passar pelo Chile, que é muito bom”, acrescentou.

Mais uma vez, a torcida foi exaltada pelo comandante. Segundo ele, a energia positiva sentida no Mané Garrincha, em Brasília, está espalhada por todo o país.

“Nós estamos nos sentindo muito à vontade em todo o Brasil. O país está tratando com uma forma tão carinhosa que não esperávamos. O incentivo nos leva a corrigir e melhorar. Nos sentimos em casa aqui, em Fortaleza, em Belo Horizonte... E mesmo onde não jogamos, a corrente e o apoio é muito grande. Ficamos muito felizes aqui também com a receptividade e emoção”, concluiu.

Bookmark and Share

Fonte: Lancepress





O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.