Correio do Povo

Porto Alegre, 24 de Julho de 2014


Porto Alegre
Agora
12ºC
Amanhã
16º


Faça sua Busca



Esportes > Copa 2014

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

26/06/2014 10:06 - Atualizado em 26/06/2014 10:21

Friedel diz que seleção dos EUA não é surpresa e elogia goleiros

Atleta do Tottenham destacou entrada de Mondragon, jogador mais velho a atuar em Mundiais

Friedel diz que seleção dos EUA não é surpresa e elogia goleiros da Copa<br /><b>Crédito: </b> Patrik Stollarz / AFP / CP
Friedel diz que seleção dos EUA não é surpresa e elogia goleiros da Copa
Crédito: Patrik Stollarz / AFP / CP
Friedel diz que seleção dos EUA não é surpresa e elogia goleiros da Copa
Crédito: Patrik Stollarz / AFP / CP

Goleiro da seleção dos EUA por 12 anos, tendo se afastado em 2005 da equipe, Brad Friedel não vê o desempenho dos ex-colegas como surpreendente nesta Copa do Mundo. Ele, que aos 43 anos está em atividade pelo Tottenham, mas veio ao Brasil como comentarista. "Não é uma surpresa. Estamos em um grupo muito difícil. Temos um bom time, uma equipe competitiva. Mas o trabalho não acabou ainda. Tem um jogo muito complicado contra a Alemanha", disse Friedel.

Friedel também analisou o desempenho dos companheiros de função nesta Copa. "Como em toda Copa do Mundo, alguns goleiros estão indo muito bem e outros erram, mas acho que a maioria dos que estão aqui são de ótimo nível. Eu gosto muito do goleiro do Chile, Bravo, o da Costa Rica, Navas. O Julio Cesar também é muito bom. Quase todos me impressionaram", disse ele.

O goleiro americano é cerca de um mês mais velho do que outro goleiro que chamou a atenção no Mundial: Faryd Mondragón, que bateu um recorde e passou a ser o jogador mais velho a atuar em Copas do Mundo. "Seria um esforço muito grande ter continuado a jogar por clube e seleção por todos esses anos. Não sei se conseguiria. Mas é um grande feito estar com 43 anos aqui. Foi um dos momentos mais especiais da Copa do Mundo o técnico ter colocado ele em campo", elogiou Friedel.

Friedel é companheiro do volante Paulinho no time inglês e elogiou muito o colega, mas não quis entrar na discussão sobre a permanência do jogador entre os titulares da Seleção. "Eu adoro o Paulinho. Ele é um ótimo cara, é um bom jogador. Ele pode atacar e defender muito bem. É um ótimo profissional. Se ele vai perder a vaga de titular? Não me pergunte isso porque eu não sou o Felipão", declarou.


Bookmark and Share


Fonte: Lancepress





O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.