Correio do Povo

Porto Alegre, 30 de Julho de 2014


Porto Alegre
Agora
16ºC
Amanhã
17º 24º


Faça sua Busca



Esportes > Copa 2014

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

01/07/2014 14:27 - Atualizado em 01/07/2014 14:31

Colômbia fala em assumir o controle do jogo e ter uma postura ofensiva

Zagueiro colombiano elogiou Neymar, mas disse que é preciso ter cuidado com todos os brasileiros

Carlos Valdés elogiou Neymar, mas disse que é preciso ter cuidado com todos os brasileiros<br /><b>Crédito: </b> Eitan Abramovich / AFP / CP
Carlos Valdés elogiou Neymar, mas disse que é preciso ter cuidado com todos os brasileiros
Crédito: Eitan Abramovich / AFP / CP
Carlos Valdés elogiou Neymar, mas disse que é preciso ter cuidado com todos os brasileiros
Crédito: Eitan Abramovich / AFP / CP

No último treino da Colômbia em Cotia (SP) nesta terça-feira, antes de seguir viagem para Fortaleza (CE) onde na sexta-feira, 17h, enfrenta o Brasil por uma vaga na semifinal da Copa, o zagueiro Carlos Valdés disse que a estratégia para superar o Brasil é assumir o controle da partida, com uma proposta ofensiva que supere a tática brasileira.

Sobre a marcação em cima do Brasil, Valdés contou que é preciso atenção com todos os atletas da Seleção Brasileira. Porém, destacou que Neymar deve receber uma atenção especial dos marcadores.

"Não é segredo para ninguém que Neymar é um grande jogador, de boas capacidades e que teremos que tomá-lo como referência. Mas a Colômbia prioriza a seleção do Brasil como um todo, uma equipe com bons jogadores, que até agora tem feito um grande papel no Mundial", disse Valdés na concentração colombiana.

"Mas, com certeza, não foi apenas por Neymar, e sim pela capacidade de todos os jogadores. Temos que pensar na equipe", completou.

Colômbia e Brasil chegam para o duelo das quartas de final com níveis de confiança bem diferentes: a Seleção Brasileira avançou com uma vitória dramática nos pênaltis sobre o Chile (1-1 depois da prorrogação, 3 a 2 nas penalidades), enquanto os colombianos venceram o Uruguai por 2 a 0 com uma atuação consistente.

"Sabemos que enfrentamos um rival difícil, a Seleção que para muitos é a favorita. Mas confiamos muito no que estamos fazendo, no nosso trabalho e no bom momento dos jogadores de nossa seleção", destacou Valdés.

O vencedor do confronto no Castelão enfrentará nas semifinais o país classificado do confronto entre Alemanha e França, que também jogarão na sexta-feira, no Maracanã.

Bookmark and Share


Fonte: AFP





O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.