Correio do Povo

Porto Alegre, 29 de Julho de 2014


Porto Alegre
Agora
12ºC
Amanhã
14º 26º


Faça sua Busca



Esportes > Copa 2014

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

07/07/2014 13:37 - Atualizado em 07/07/2014 13:43

Fifa rebate críticas à arbitragem da Copa do Mundo

Acusações de plano oculto que incentiva os árbitros a não apresentar muitos cartões seriam da imprensa alemã

A Fifa considerou nesta segunda-feira "inaceitáveis" as acusações da imprensa alemã sobre um possível "plano oculto" para incentivar os árbitros a não penalizar as faltas, para favorecer o espetáculo, em detrimento da saúde dos jogadores. "Há acusações na imprensa alemã, segundo as quais a Fifa criou um plano oculto que incentiva os árbitros a não apresentar muitos cartões amarelos ou vermelhos para promover o espetáculo, à custa da saúde dos jogadores, como Neymar, que saiu lesionado: isso é inaceitável", declarou Walter de Gregorio, diretor de comunicações da Fifa.

"Nesta segunda-feira à tarde haverá uma decisão sobre a possibilidade de abertura de um processo disciplinar contra o jogador (colombiano Juan Zuñiga) que atingiu Neymar. Seremos criticados qualquer que seja a nossa decisão, mas este é o jogo e nós o aceitamos". "Mas dizer que existe um plano para não punir o jogo duro que pode causar lesões é inaceitável", acrescentou Walter de Gregorio.

O atacante Neymar não poderá mais disputar a Copa do Mundo, depois de sofrer uma fratura de uma vértebra, após uma falta do colombiano Zuñiga na vitória das quartas de final, por 2 a 1, da seleção brasileira. Zuñiga não recebeu cartão amarelo na jogada.

Bookmark and<br />Share


Fonte: AFP





O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.