Correio do Povo

Porto Alegre, 29 de Agosto de 2014


Porto Alegre
Agora
21ºC
Amanhã
16º 27º


Faça sua Busca



Esportes > Copa 2014

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

07/07/2014 18:05 - Atualizado em 07/07/2014 18:54

Felipão esconde time, mas garante que Brasil vai manter padrão de jogo

Técnico do Brasil optou por minimizar ausência de Neymar contra Alemanha

Felipão mantém mistério sobre time que vai enfrentar Alemanha<br /><b>Crédito: </b> Odd Andersen / AFP / CP
Felipão mantém mistério sobre time que vai enfrentar Alemanha
Crédito: Odd Andersen / AFP / CP
Felipão mantém mistério sobre time que vai enfrentar Alemanha
Crédito: Odd Andersen / AFP / CP

O técnico Luiz Felipe Scolari optou por fazer mistério sobre a escalação que vai mandar a campo para enfrentar a Alemanha nesta terça-feira, às 17h, no Mineirão. Na entrevista oficial da Fifa nessa segunda, o treinador disse que já tem a equipe definida, mas que só irá anunciar minutos antes da bola rolar para o confronto válido pela semifinal da Copa do Mundo. "Eu já tenho uma equipe, mas não vou divulgar", afirmou.

Se não anunciou a escalação, Felipão garantiu que o Brasil não vai mudar seu padrão de jogo apesar da ausência de Neymar, que está fora da Copa do Mundo. O treinador disse que a partida contra a Alemanha pode ser definida, além das partes técnica e tática, por quem tiver mais “coração”.

"Nós temos que respeitar a equipe da Alemanha, por tudo que fez, faz, pela maneira que joga. Mas nós temos que respeitar e impor nosso jogo, independente do adversário. Temos um padrão e vamos tentar imprimir o nosso padrão. Da forma que estamos jogando acho que vamos impor dificuldades. Nós respeitamos e acho que vamos nos fazer respeitar. Não tem um jogador específico, se você jogar bem compacto, errar pouco, o detalhe é determinante. Brasil e Alemanha é sempre bem disputado. Talvez o diferencial seja o coração", analisou o treinador.

Felipão também tratou de minimizar a ausência de Neymar e ressaltou a confiança no grupo da Seleção: “Nós temos que respeitar a equipe da Alemanha, por tudo que fez, faz e pela maneira que joga. Mas nós temos que respeitar e impor nosso jogo, independente do adversário. Temos um padrão e vamos tentar imprimir nosso padrão. Da forma que estamos jogando acho que vamos impor dificuldades. Nós respeitamos e acho que vamos nos fazer respeitar”, encerrou.

Bookmark and Share

Fonte: Correio do Povo





O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.