Correio do Povo

Porto Alegre, 23 de Setembro de 2014


Porto Alegre
Agora
26ºC
Amanhã
15º 21º


Faça sua Busca



Esportes > Copa 2014

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

10/07/2014 12:56 - Atualizado em 10/07/2014 13:12

Marin desce do carro para agradecer apoio de torcedores na porta da Granja

Presidente da CBF evitou jornalistas e não quis responder sobre a crise da Seleção

Presidente da CBF evitou jornalistas e não quis responder sobre a crise da Seleção  <br /><b>Crédito: </b>  Divulgação / CBF / CP
Presidente da CBF evitou jornalistas e não quis responder sobre a crise da Seleção
Crédito: Divulgação / CBF / CP
Presidente da CBF evitou jornalistas e não quis responder sobre a crise da Seleção
Crédito: Divulgação / CBF / CP

O presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), José Maria Marin, protagonizou uma cena inusitada nesta quinta-feira, quando desceu do seu carro para agradecer o apoio dos poucos torcedores que estavam na porta da Granja Comary, dois dias depois da derrota humilhante para a Alemanha.

Um pequeno grupo de dez pessoas carregava um cartaz com a mensagem: "A derrota faz parte do caminho dos vencedores". Quando viu isso, o cartola desceu do carro e resolveu posar para fotos com os torcedores. "Parabéns a vocês, viu? O apoio, muito importante. Obrigado a vocês", disse Marin, que não quis responder a perguntas sobre a crise vivida pela seleção após a goleada de 7 a 1 sofrida na terça-feira no Mineirão.

Depois de passar cinco minutos com os torcedores, o presidente da CBF voltou para o carro e seguiu para o Centro de Treinamento. "Libera pelo menos as crianças", pediu uma torcedora, que pensou que o cartola pudesse ajudá-la a realizar o sonho da filha de ver seus ídolos de perto.

O pedido não foi atendido, mas os grupo permaneceu firme e forte na frente da Granja. "Como a gente cantava nos estádios, a gente é brasileiro, com muito orgulho, muito amor. Tenho orgulho de ser brasileiro", declarou Dario, que veio especialmente do Rio de Janeiro.

"A Seleção já deu várias alegrias para a gente. Não é num momento desses que a gente vai abandonar a Seleção. Essa equipe é jovem e tem muito para dar ainda. Tem muito futuro pela frente. Foi apenas uma turbulência que aconteceu, mas essa fase vai passar", completou o torcedor.

A Granja Comary deve receber outro visitante ilustre mais tarde nesta quinta-feira, o craque Neymar, que ficou fora da Copa depois das quartas de final por ter fraturado uma vértebra ao receber uma joelhada nas costas. O camisa 10 visitará Teresópolis para dar apoio aos companheiros e deve assistir à disputa do terceiro lugar contra a Holanda, sábado no estádio Mané Garrincha de Brasília.

Bookmark and Share



Fonte: AFP





O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.